Marketing educacional: 4 dicas para te apoiar com a sua comunidade escolar na campanha de matrículas.

comunidade escolar e marketing educacional

Marketing educacional: 4 dicas para te apoiar com a sua comunidade escolar na campanha de matrículas.

O marketing educacional é um grande aliado para instituições de ensino junto à comunidade escolar. Seja para fidelizar famílias ou atrair novas matrículas.  É uma maneira de conectar famílias e estudantes a instituições de ensino, que estão dispostas a preparar, potencializar e desenvolver habilidades educacionais para que estudantes estejam preparados para contribuir com a sociedade.

Diante disso, é importante dizer que novas tecnologias surgiram, e as estratégias para reter e captar alunos se alinharam a elas.  É aí que entra o marketing digital, que é usado como estratégia de venda para apoiar nas campanhas de matrícula, com foco em reter e captar novos alunos. Você sabia que, segundo pesquisa realizada pela CNDL (Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas) em parceria com o SPC Brasil (Serviço de Proteção ao Crédito), 97% dos internautas buscam informações on-line antes de realizar compras físicas?

Pensando nisso, esse artigo está focado em te trazer dicas e como o marketing educacional pode te apoiar junto à comunidade escolar. Vamos lá?

Comunidade escolar e o marketing educacional: 4 dicas para te apoiar na campanha de matrículas

  1. Entenda todo o histórico da sua instituição

Faça uma análise aprofundada de todo o histórico da escola, desde o surgimento até os dias atuais e expectativas para o futuro. Consolide em um documento todas as informações coletadas. Defina quais informações serão compartilhadas externamente (como, por exemplo: “nossa história”, “quem somos”, “missão”, no que acreditamos” etc.) e outras que serão utilizadas apenas para direcionamentos e lembretes internos (“objetivo 2022”, “principais mensagens ao falar da escola para pais”, “respostas a perguntas frequentes de alunos” etc.).
Uma marca se torna respaldada e bem direcionada quando reflete uma organização que se conhece muito bem, sabe de onde veio e onde quer chegar.

  1. Conheça seu público
    É muito importante saber com quem sua instituição está falando, quem é sua comunidade escolar e qual comunidade você quer atingir. Além disso, quais são os outros atores que podem influenciar na tomada de decisão de seu público final. Então, para começar, quem é a tomadora ou o tomador de decisão final sobre manter ou retirar um estudante da escola? É o responsável de um estudante ou o próprio estudante? Depois, quem são os atores que podem influenciar nessa decisão? São os próprios estudantes?
    A partir disso, busque informações que apresentam quem são esses públicos, quem é sua comunidade escolar e anote. Ao conhecer o seu público de forma mais esmiuçada, há maiores chances de criar comunicações mais específicas e que geram interesse, engajamento, envolvimento e criam vínculos.

  2. Produção de conteúdo
    Considerando que seu público de interesse são os(as) responsáveis de alunos, é fundamental que sua instituição de ensino pense e desenvolva conteúdos focados nesse público e na sua comunidade escolar, buscando atrair novas matrículas. Elencamos 4 conteúdos que ajudam nesse processo:

    – Conteúdos relacionados sobre quem é sua escola: quando ela surgiu, qual é a proposta pedagógica, etc. Aqui, você precisa apresentar e explicar quem é a escola para pessoas que talvez ainda não a conheçam;
    – Conteúdos que apresentam os pontos fortes e diferenciais da escola: conquistas, prêmios e parceiros. Pode ser uma oportunidade de demonstrar por que sua escola é a melhor opção para estudantes.
    – Conteúdos referentes à benefícios e oportunidades: provas de bolsas e opções de descontos. É bacana mostrar atrativos que possam apoiar na decisão de escolher a escola;
    – Outros conteúdos que façam sentido para a tomada de decisão desse público: quem são os ex-alunos; quantos estudantes passaram no vestibular no ano anterior etc. Ou seja, conheça os interesses do seu público para mapear possíveis conteúdos relevantes.

  1. Redes Sociais

Após fazer uma análise do histórico da sua escola, da sua comunidade escolar, de entender seu público de interesse e produzir conteúdos para atrair esse público, você precisa divulgar esses materiais e chamar atenção para sua campanha de matrículas. As redes sociais são extremamente estratégicas para isso.

Dentre tantas redes sociais, você pode usar o Facebook, Instagram, Twitter, YouTube, WhatsApp e LinkedIn. Não precisa ser todos esses canais, mas é importante que você divulgue em algum deles. 

E então, empolgado(a) com a campanha de matrícula? Esperamos que este artigo te ajude junto à sua comunidade escolar. Não deixe de acompanhar nosso blog para mais dicas!