Ensino Híbrido: dicas para engajar a turma

ensino híbrido

Ensino Híbrido: dicas para engajar a turma

Entendendo o Ensino Híbrido

Ensino híbrido, de maneira geral, é um ensino no qual o aprendizado ocorre a partir da combinação de atividades presenciais em sala de aula e atividades on-line, facilitadas por meio de tecnologias digitais.
Vale destacar que essas atividades on-line podem ocorrer tanto na escola, presencialmente, quanto a distância.
Nessa abordagem, estudantes possuem maior autonomia e responsabilidade em relação ao seu processo de aprendizado, e professores se tornam mediadores e orientadores do ensino.

Portanto, ensino híbrido é uma proposta integrada e articulada de ensino-aprendizagem que foca em um processo de aprendizado personalizado,
colaborativo e centrado nos estudantes. 

Agora que entendemos mais sobre o conceito de ensino híbrido, vamos para as dicas e atividades.

Dicas e Atividades Práticas

No ensino híbrido, ao mesclar o uso da tecnologia e ferramentas on-line com atividades tradicionais em sala de aula, o ensino híbrido respeita a nova realidade dos alunos — que nascem conectados à internet —, mas também gera uma ressignificação da sala de aula, do papel do professor e dos estudantes.
Essa abordagem nasce a partir do pressuposto de que “não existe uma forma única de aprender e que a aprendizagem é um processo contínuo” (Bacich, 2016, p. 679).

Separamos algumas dicas para você:

  • Use tecnologias para engajar estudantes

Fazer uso de tecnologias educacionais pode ser essencial nas rotinas escolares no ensino híbrido, tornando essas rotinas mais conectadas ao mundo dos jovens.
Uma vez que a tecnologia desempenha um papel importante no desenvolvimento e engajamento das turmas e na performance da escrita, potencializando e apoiando estudantes para desenvolverem melhores textos e atingir nota máxima em grandes vestibulares.

  • Metodologias ativas

Metodologias ativas estão alinhadas à BNCC e focam nos estudantes como protagonistas no processo de aprendizagem. Surgem para proporcionar aos estudantes o protagonismo dentro do seu próprio desenvolvimento educacional, deixando para trás aquele modelo tradicional antigo de aula apenas expositiva. 

  • Pergunte e faça trocas com a turma

Um modo de entender como você pode melhorar suas aulas é conversar com sua turma. Pergunte de forma aberta: “Esse modo está funcionando? O que posso melhorar para a próxima aula? Como posso deixar a aula mais dinâmica e divertida para vocês?”. Se for melhor, é possível também pedir para estudantes responderem um questionário on-line sobre a aula. Dessa forma, estudantes podem trazer informações e direcionamentos bacanas, além de se sentirem próximos dessa construção do aprendizado.

  • Motive os estudantes a participarem ativamente das aulas

Abra para momentos de trocas e perguntas, deixe a turma livre para participar. Por exemplo: uma aluna pode fazer uma pergunta para a turma toda – a partir do tema proposto por você – e após a resposta, podem trocar sobre o assunto em questão.  Elogie sempre que possível. Estudantes precisam de motivação.

  • Escrita criativa compartilhada

Você pode selecionar uma autora ou autor de um poema e compartilhe com a turma. Declame ou mostre para os alunos alguém declamando o poema escolhido. Explique para a turma toda a estrutura de escrita necessária para criar uma obra e após a exposição, peça para eles criarem grupos pequenos de escritores.
Depois crie um documento no Google Docs para cada grupo e peça para eles criarem em conjunto uma obra. Com isso poderão trocar informações e usar a criatividade compartilhada em um documento virtual. Por fim, peça para que cada grupo explique como foi participar da atividade proposta de desenvolver a escrita.

Gostou do conteúdo? Receba nosso e-book com mais dicas e estratégias práticas para suas aulas on-line no ensino híbrido. Até breve!